São cartas Senhor, são cartas! Depois de tocar a campainha, algo acontece. Não é o carteiro, mas há uma carta por abrir.

.posts recentes

. The Big Church of Fire @P...

. On the road to Portalegre

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

The Big Church of Fire @Portalegre

 

 
E como uma certeza inevitável, os “The Big Church of Fire”, fizeram a sua aparição na cidade de Portalegre, recebidos de braços abertos pelo pessoal do CAE.
Pessoalmente, e esta é a única perspectiva que posso adoptar, apesar de diversos “pregos” e dificuldades técnicas, foi o verdadeiro “fucking rock concert”, o concretizar de um sonho intemporal.
Foi um momento de comunhão com os meus camaradas espirituais, Pilgrim Louie e Friar Funk, o resultado de diversos ensaios, “brainstorm” criativo e algumas considerações sobre o “tempo” e sobre estar fora dele… como se tal coisa fosse possível!
Muitas razões para que este concerto fique guardado no lugar das coisas especiais. A presença e apoio da minha “Feiticeira”, dos meus amigos (e não posso deixar de destacar as presenças do Kiko e do André, bem como da Lulu Toquinhas e da Saozinha e ainda da Marisa – ou rapariga sem sono e do André, grandes visionários e responsáveis pela realização do concerto). 
A partir do momento em que se abriu a porta de acesso ao palco, não houve nem um momento de hesitação. It was meant to be. Claro que houve enganos, falhas, material que avariou, cordas partidas, Jack Daniels e Martini. Mas houve sobretudo a nossa vontade de mostrar às pessoas presentes que o mais importante era a comunhão de todos no manto da nossa música.
Se fomos bem ou mal sucedidos, essa é uma questão com a qual ainda me debato hoje. Mas fica sobretudo a satisfação de ver os sorrisos das pessoas que ali se deslocaram para nos ver tocar.
Deixo algumas fotos do “evento”, prometendo para breve “imagens reais” 
 
publicado por O Carteiro às 00:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

On the road to Portalegre

 

Oh yeah.. and all sinners are invited.

Os interesses em participar em tão memorável momento poderão contactar este Vosso Carteiro para qualquer questão.

publicado por O Carteiro às 11:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Facebook

José Almeida is a fan of

The Big Church of FireThe Big Church of Fire
Create your Fan Badge

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.links

.contador

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds