São cartas Senhor, são cartas! Depois de tocar a campainha, algo acontece. Não é o carteiro, mas há uma carta por abrir.

.posts recentes

. Ironia da realidade - Men...

. A ironia da democracia em...

. Não tenho paciência para ...

. Não tenho paciência para ...

. Não paciência para merdas...

. Ñão tenho paciência para ...

. Love in trash can

. End of watch

. O pecado numa dentada de ...

. Hotel Georgian

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Rita Redshoes – 2ª parte

 

Well.. eu bem disse que ia ver o que esta menina era capaz… Mas, começo por dizer que não me agradou, o que me valeu uma valente discussão pós concerto.. nada que eu não esteja habituado...
Mas, procurando ser “justo e objectivo” (admito que esta expressão precisa de ser encarada com alguma subjectividade..), devo dizer que o concerto foi bastante competente e bem montado. Mas começa aqui o pomo da discórdia… Na verdade, correndo o risco de estar a ser completamente injusto, a sensação com que fiquei foi de um “concerto plástico e certinho”, destinado a satisfazer o público alvo, em que as “surpresas” e os “desvios” obedecem a uma determinada estratégia que não é muito compatível com a minha sensibilidade artística… Sinceramente, e naturalmente que não é um elogio na minha perspectiva, o concerto da Rita Redshoes recordou-me o David Fonseca.. e isso não é nada bom.. então a repetição dos “singles” no final…, bem, diria que foi o “turn-off” final.. Antes ainda, notou-se que a menina “redshoes” está atenta aos movimentos “hype” pseudo-alternativos… e vai daí uma versão de “Ring of Fire”.. não, não sou puritano, mas sinceramente a cover não acrescentou nada de novo, pelo contrário, tirou o “raw feeling” das versões de June Carter, Johnny Cash/June Carter, Johnny Cash… ou ainda Joaquin Phoenix ou ainda… destes “meninos” que cantam no vídeo infra exibido! Imagino o comentário, mas é a melhor forma que tenho de fazer a distinção do “feeling” que existe ou não existe numa música… E como tive oportunidade de divagar, é também essa a razão que me faz “adorar” a versão de “One” do Johnny Cash e ser indiferente à dos U2…
Em todo caso, a menina “Redshoes” merece os parabéns por ter montado o concerto da forma que o fez, esgotando o S. Jorge em duas noites… e ainda… por ter proporcionado um feliz encontro dos The Big Church of Fire com o Legendary Tigerman na varanda do S. Jorge que, tal como referiu o Brother Louie, foi palco de uma das maiores concentrações de talento nacional por m2 … e nem imaginam o teor da conversa… descansem, brevemente saberão uma parte relevante da mesma.. entretanto, terão de lutar com a curiosidade!!
música: Ring of fire/El Paso - Black Rebel Motorcycle Club
publicado por O Carteiro às 18:38
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Sãozinha a 1 de Junho de 2009 às 23:51
Eu sei que não tenho andado pelas blogosferas mas, antes do mais, parabéns!

Quanto à Rita, é uma valente porcaria. Nem sei porque é que vocelência se dignou a assistir a tal concerto.

O São Jorge é o melhor cinema de todos.

Beijos
De O Carteiro a 2 de Junho de 2009 às 10:06
Lol! Eu sabia que teria a tua compreensão.. deve ser por coisas deste género que temos a fama (e, vá lá, o proveito) de mau feitio!! Baci
Dia 13 de Junho tocamos cá em Lisboa, no Gasoiil!

Comentar post

Facebook

José Almeida is a fan of

The Big Church of FireThe Big Church of Fire
Create your Fan Badge

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.links

.contador

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds