São cartas Senhor, são cartas! Depois de tocar a campainha, algo acontece. Não é o carteiro, mas há uma carta por abrir.

.posts recentes

. Ironia da realidade - Men...

. A ironia da democracia em...

. Não tenho paciência para ...

. Não tenho paciência para ...

. Não paciência para merdas...

. Ñão tenho paciência para ...

. Love in trash can

. End of watch

. O pecado numa dentada de ...

. Hotel Georgian

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Joaquin Phoenix

 

Às vezes, há coisas estranhas. Outras vezes, há coisas ainda mais estranhas. A entrevista feita ao Joaquin Phoenix pelo David Letterman está nesta última categoria.
Eu tenho uma admiração especial pelo JP, em particular pelo seu magnífico papel em “Walk the line” (ou “En la cuerda floja”.. na versão de nuestros hermanos…). Mas depois desta entrevista, seja qual for a explicação para a mesma (e as versões vão desde “encenação” até os “inevitáveis efeitos colaterais das drogas”… se bem que num registo bem diferente de outro momento “químico” da tv.. sim, a entrevista da Nelly Furtado), só espero que ele não cumpra a ameaça de se dedicar ao “hip-hop”! Irmão Joaquin, há uma Igreja para ti deste lado do oceano que te pode salvar!
 
Vejam e decidam!
publicado por O Carteiro às 09:24
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Sãozinha a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:34
Pobre Joaquin. É melhor aquilo ser droga do que doideira. Se não é viagem sem retorno. Já vi em cinco livros e todas as frases eram estúpidas. Até num do Eça eu vi, por isso não me acuses de coisas. Quando achar aviso.
De O Carteiro a 19 de Fevereiro de 2009 às 14:28
Já te passou pela cabeça que "talvez" esse fosse o objectivo do desafio?! Nesse sentido, não me resta outra opção que não seja acusar-te de coisas...

Comentar post

Facebook

José Almeida is a fan of

The Big Church of FireThe Big Church of Fire
Create your Fan Badge

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.links

.contador

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds